casa


“A nossa guerra acabou, e estamos escondidos numa toca de terra e temos de sair e recomeçar a caminhar. Esta é a casa de Schmulek que não tem casa, que perdeu tudo, até a si próprio. Onde está a minha casa? Não está em lugar nenhum. Está na mochila que trago comigo, está no Heinkel abatido, está em Novoselki, está no acampamento de Turov e no de Edek, está para çá do mar, no país do conto de fadas, onde o leite e o mel escorrem pelo chão. Uma pessoa entra em casa e pendura as roupas e as recordações; onde penduras as tua recordações, Mendel filho de Nachman?”

Primo Levi, p.254,  Se não agora, quando?, D.Quixote, 2015

Anúncios

One thought on “casa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s