transparência


Acerca do modo como as empresas são geridas, mesmo até chegarmos ao modo como a riqueza é distribuída. Parece-me até que é disso que falamos quando estamos em crise.

As crises, segundo Amartya Sen [1], advém do medo que aqueles que detêm os armazens com alimento ou os cofres com dinheiro, têm de lhes faltar o que os farta.

Voltando ao início, segundo Goleman [2], Felix Frankfurter, juiz do supremo tribuna de justiça dos Estados Unidos disse (acho que não foi ele, mas Bradeis [3]) que a luz do Sol é o melhor desinfectante, querendo referir-se que, quanto maior transparência, melhor para a sociedade. Acho que também é disso que se fala quando cumprimentamos a crise como o fazemos hoje e o fizeram outros e o farão outros ainda.

[1] Sen, Amartya; Probreza e fomes, Terramar, 1999, p.217-218;

[2] Goleman, Daniel; FOCO, Circulo de Leitores, 2014, p.98

[3] Bom, parece que quem fez esta afirmação foi Bradeis e não Franfurter: ver estes links:

Transparency and Secrecy: A Reader Linking Literature and Contemporary Debate, Por Suzanne J. Piotrowski, p.80; 

http://www.brandeis.edu/legacyfund/bio.html

http://en.wikipedia.org/wiki/Felix_Frankfurter

Anúncios

One thought on “transparência

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s