Pamuk


Encontrei-o há uns anos atrás e fiquei surpreendido com a técnica da sua escrita. Mesmo nos momentos mais monótonos, e mesmo que não paremos de dizer “que seca” esta parte, não largamos a próxima página. Lê-lo é como fazer uma viagem por Istambul, não só geográfica, como social, como até psicológica.

Fico retido ainda noutra coisa, é que a sua escrita não descreve personagens nem paisagens nem lugares, fala apenas de acontecimentos, com tanto detalhe que acabamos dentro de Istambul, como se ali vivêssemos desde a infância, na intimidade de uma família e na intimidade da cidade: o livro passa a ser um cérebro de memórias, presentes e futuros, é um organismo vivo fotografado numa linha de tempo.

http://www.orhanpamuk.net/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s