num singelo segundo


num singelo segundo fomos o que queríamos ser no segundo seguinte insuflamos quase sufocando, a realidade entrava invadia e nada somos, quem te dera seres isso mas não tens essas asas nem dessas barbatanas, serias ave ou peixe peixe ou ave ao invés mas humano és e és este não outro com estas qualidades não outras com estes defeitos não outros.

Outro querias ser outro serias mas este és que interessa ao mundo que não te aceitas outros farão o mesmo e não são outros vivem por onde o tempo os deixa chegar esfola-te pelo caminho não deixes que a vida passe ao largo que não é outra que tens é esta que te beija dia atrás de outro dia não esperes pelo mundo ele é que espera por ti

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s