realidade/reality


Como é que tu sabes que o que vives não é uma ficção, que não é a tua realidade, que não é a tua verdade?

Porque tu fazes perguntas, inquietas-te, dúvidas, argumentas: é isto que te torna consciente, ou seja, que aquilo que vives é a tua realidade, a tua verdade, aquilo que pretendes, aquilo que te garante a sobrevivência.

As respostas que deres, se não te incomodam, dizem-te que tudo está bem. Que respostas deu (e dá) alguém que pertence ao partido nazi?

How do you know that what you live is not a fiction, that is not your reality, that is not your truth?

Because you do questions, you stay restless, doubt, argue: that is what makes you aware, that is what say to you that this live is your reality, your truth, what you want, that guarantees your survival.

The answers that you give, if they don’t bother you, tell you that all is well. What answers gave (and give) someone who belonged to the Nazi party?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s