“agarrado”


O primeiro livro que li integralmente, “Os Filhos da Droga” de Christiane F. Não sabia o que era ler antes dele. Na escola, os livros eram pesados, em casa havia muitos, mas o meu interesse eram as mecânicas, as electricidades e os amigos. Às vezes dedicava-me a usar a máquina de escrever. Gostava de carregar nas teclas pesadas, usar a manete para mudar de linha; ouvir aqueles mecanismos sincronizados: como raio haviam construído aquilo, e que inteligência haviam tido!? Uma máquina infernal, que também conhecia os contornos das letras.

Apesar disso, parei neste livro durante muito tempo. Fazia sentido para mim. Os meus amigos, um por um, iam-se acasalando com a dita; “é só uma brincadeira pá, prova lá isso, vais ver que mal não te acontece”; diz-se então, ou melhor, conclui-se então: e por fim quase todos, foram-se enterrando na dita. No meio daquela loucura, misturada com os conselhos dos mais velhos, em quem acreditar? Nos amigos de rua, a quem se dava a camisola e a mão, ou naqueles que nos acolhiam debaixo de telha. Salta-me esse livro para as mãos, não sei de onde veio, sei que foi uma tábua de salvação, não só para mim. Dos mais de trinta rapazes que corriam no bairro, a maior parte caiu lá, de onde não se regressa, quase todos em overdose.

Há uns anos atrás, calhou tropeçar numa cara disforme, “Carlitos”, um dos últimos, perguntei, corpo de rabo no chão encostado ao muro, mais sujo do que a rua, “Olá pá,  queres ajuda? O que tens? O que sentes?”, um puto que me fintou com a bola no meio do pó, atrás de quem corri na pilha de tábuas, e que desapareceu no meio delas: ficou pendurado pela camisola a uns 5 metros do chão. Um puto que fez comigo uma cabana no olival do bairro, que roubou fruta no meu bando, que fumou barba de milho e partilhou os kentuky (mata-ratos) com outros 30! Agora, já homem, com o tempo a fugir-nos, e “agarrado”, respondia-me “vai-te foder pá”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s