Fui


Fui mas não sai de lá,
não consegui,
lamento.

Fiquei atordoado, ao fim de tantos anos
hipnotizado.
Não a amo,
mas não a consigo deixar,
acho que se suicidaria se o fizesse.
E esse é um peso que não quero suportar
vida fora.

Prefiro ser infeliz a tornar outra gente infeliz. Por isso vou sorrindo para ela,
esperando que não note
que aqui dentro,
dentro de mim
vive alguém que não a ama.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s