“Lamento dizer-lhe…


…mas a vida é cheia de surpresas, possibilidades, caminhos em todas as direcções; é brilhante, acessível, intensa, plena de erros, … as questão é apenas a de nos levantarmos sempre que caímos, a de prosseguir por inteiro…

As impossibilidades, hum, o “não consigo”, “não vou conseguir”, “não tenho capacidade”, “é impossível”, são auto-escolhos,  tantas vezes nossos, tão intensamente vividos, por tanto tempo, ao longo de tanto tempo, que nos tornamos neles, nesses escolhos, somos, por fim os nossos próprios escolhos.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s